Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Opiniões e Postas de Pescada

Opiniões e Postas de Pescada

17
Abr17

Caveman

Miúda Opinativa

Na semana passada fui ver, ao Villaret, a peça Caveman, com o Jorge Mourato.

E embora não tenha, de todo, a pretensão de ser uma crítica de teatro, permitam-me dizer que vale MUITO a pena. Tal como diz a sinopse, é uma comédia sobre Homens e Mulheres. Assim, o Jorge Mourato empreende o seu monólogo acerca da forma como os Homens e as Mulheres se relacionam e as diferenças entre eles. E embora seja hilariante - que é mesmo -, é tudo super verdade. Claro que as histórias podem ser exageradas, claro que são apresentados protótipos, estereótipos, mas no âmbago... É mesmo assim.

 

A verdade é esta - Homens e Mulheres são diferentes. E isto não é um problema, muito pelo contrário. É essa diferença que torna este Mundo bem mais interessante . O problema, acho, é quando os homens estão à espera que as mulheres sejam como eles e quando as mulheres estão à espera que os homens sejam como elas. Tem é que haver respeito por essas diferenças - e isso, bem, isso é que às vezes pode ser mais difícil.

 

A peça está francamente interessante porque nos mostra precisamente isso - sim, mostra-nos o óbvio, mas às vezes é preciso que o óbvio nos seja mostrado e apresentado desta forma, meio a brincar mas falando muito a sério, para conseguirmos olhar para nós próprios e para as nossas relações e reflectirmos sobre quem somos e o que fazemos. E o que esperamos dos outros.

 

É uma peça muito simples e o Jorge Mourato está fantástico - e esteve muito bem quando, de repente, disse a uma pessoa para desligar o telemóvel, porque não gostaria nada de ter comprado um bilhete para a peça e ter alguém perto de si constantemente a  mexer no dito. Realmente, as pessoas precisam de se desligar...

 

Vale a pena e se tiverem oportunidade, vejam.

10
Fev17

Avenida Q. Ou como um Musical acabou por ser o ponto alto da semana.

Miúda Opinativa

Tão bom. 

 

Vi o anúncio pela primeira vez há umas semanas e pensei "mas o que é isto?". Depois fui lendo umas coisas, achei que podia ser giro, e desafiei o rapaz a irmos. E lá fomos ontem. Não íamos com grandes expectativas e não sabíamos qual era a história. Apenas sabíamos que envolvia personagens humanas e marionetas, muito ao estilo da Rua Sésamo (de que eu era fã quando criança) e dos Marretas e que era um musical.

 

Chegámos e... wow. Os atores estão espetaculares. Eles cantam, eles dançam, eles representam.

 

A história podia ser a história de qualquer um de nós. Fala de sonhos, da procura de sonhos, do nosso lugar no mundo. Fala de frustração, de emprego (e desemprego), fala do amor. Fala das asneiras e dos sucessos. Fala dos medos. É um grupo de jovens adultos que passa por tudo isto. Sounds familiar?

 

Acho que isso é uma das coisas que tem de bom. Com bom humor, com muito bom humor, fala de assuntos que nos tocam a todos e com os quais nos conseguimos identificar muito facilmente.

 

Não acho que seja para toda a gente - se se sentem incomodados com linguagem mais "agressiva", não vão -, mas devia ser para toda a gente que não é facilmente impressionável. Se estão nesta categoria, então vão, a sério.  

 

Para ver, no Teatro da Trindade, até ao dia 2 de Abril. 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D