Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Opiniões e Postas de Pescada

Opiniões e Postas de Pescada

03
Dez18

Meia-Maratona dos Descobrimentos

Miúda Opinativa

No final de Agosto, decidi inscrever-me, meio por impulso, na Meia-Maratona dos Descobrimentos. Ouvia falar bem desta prova, sobretudo pela rapidez do percurso, e decidi que se calhar era uma boa oportunidade para tentar atingir o meu objectivo - fazer uma Meia-Maratona em duas horas. 

Na altura, andava a correr bastante (no Verão corro sempre mais do que no Inverno) e achava que seria exequível. Até que chegou Setembro, em que iniciei a mudança de casa, depois Outubro, onde na última quinzena estive de férias, a corrida ficou para segundo plano, e quando dei por isso, estávamos no início de Novembro, com 1 mês para voltar à rotina da corrida (e do exercício físico, em geral). 

No meio disto tudo, tive o acidente, que me mandou para as boxes durante uma semana. E a minha expectativa fazer a prova em duas horas foi-se desvanecendo... Para piorar o panorama, quinta-feira passada comecei a sentir-me adoentada, com a garganta arranhada, espirros e nariz a pingar. Pensei, até, em não ir à corrida... 

Acontece que eu estava a precisar de uma vitória. O mês de Novembro começou muito bem, com a minha mudança de casa, mas, a partir daí, tem sido um enorme caos. O acidente, embora não tenha deixado grandes marcas físicas, deixou-me marcas psicológicas que despertaram macaquinhos antigos. E o caos está instalado. 

Então, ontem lá fui... Ainda com alguma esperança de conseguir as duas horas mas pouco confiante. No entanto, durante grande parte da prova achei que, se calhar, iria conseguir. Estava a sentir-me relativamente bem, fiz um bom tempo aos 10 km, e se mantivesse mais ou menos o ritmo, as duas horas iriam ser possíveis. 

 

No entanto... Caos, lembram-se? Ali ao pé da Ribeira das Naus, com a mudança de piso, comecei a perder ritmo. Passados uns km, os meus instestinos (e bexiga) começaram a dar o ar de sua graça e tive que abrandar o ritmo novamente para não haver nenhum desastre. E a partir daí... Não consegui voltar a ganhar o ritmo que estava a fazer ao início e que me iria levar às 2 horas. 

Mas, enfim, lá acabei por terminar, com o meu melhor tempo em Meia-Maratona - 2h03. Admito que foi agridoce: sim, foi bom ter terminado e foi bom ter melhorado. Mas... Não fiz as 2 horas. Fica para o ano. 

 

Nota bastante positiva para um corredor que tendo percebido que eu não tinha conseguido agarrar uma garrafa de água num dos abastecimentos, acabou por ficar com duas, deu-me um toque nas costas e deu-me uma. Ainda há gente simpática :) 

 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D