Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Opiniões e Postas de Pescada

Opiniões e Postas de Pescada

10
Set18

Foi há 1 ano

Miúda Opinativa

Foi há 1 ano, no dia 10 de Setembro, que nos vimos pela última vez. 

Era um jantar de despedida, de facto, mas não da tua despedida. E não uma despedida triste e definitiva. 

Era um jantar alegre, porque a bebé ia realizar o seu sonho de fazer Erasmus. Fomos ao restaurante de sempre (como não?) e estivemos todos bem. Estavas, aparentemente, bem. 

Jantámos, conversámos, rimos. Engraçado como me lembro de tanta coisa, como me lembro da data, mas não me lembro do teor das nossas conversas. Porque era um jantar normalíssimo, mais um entre tantos, dos que tinham já acontecido e dos que ainda estavam por vir. Se soubesse, se soubesse, teria gravado todo esse jantar na minha memória, as tuas palavras, os teus risos e sorrisos, só para fazer rewind e ver e rever tudo novamente. Só mais uma vez. E outra. E outra.  

 

Mas não sabia. Ninguém sabia. E despedimo-nos, tendo a certeza que iríamos todos passar a semana no Whatsapp a conversar com a Mariana, que nos iria mostrar todas as novidades. E despedimo-nos a pensar que no Domingo seguinte nos encontraríamos novamente, onde íriamos almoçar na nossa cozinha, onde tu ocuparias o teu lugar de sempre e falaríamos sobre a Mariana, sobre Bratislava, sobre o teu regresso ao trabalho, sobre os eventos da minha empresa. 

 

Mas nada disto aconteceu. Porque o jantar de despedida, que era suposto ser uma despedida provisória e feliz - porque era para a Mariana que ia para Bratislava e iria regressar apenas em Dezembro -, foi, afinal, uma despedida definitiva e triste. E foi a última vez que te vimos vivo. E o que eu não dava para te ter abraçado e te ter dito "Gosto tanto de ti, Manel" - mas, for God's sake, não nos abraçávamos desde os 10 anos, porque nos tornámos ambos adolescentes parvos.

 

E não almocámos no Domingo. Não falámos sobre a Mariana e sobre Bratislava, até porque ela regressou 3 dias depois. Não falámos sobre o teu regresso ao trabalho, porque apenas ficaste lá mais 1 dia. Não falámos sobre os eventos da minha empresa porque, entretanto, tive que faltar. 

 

Às vezes (who I am kidding... Sempre) gostava que tudo isto tivesse sido um filme. Um daqueles filmes parvos que se desenrolam com as suas tragédias mas que, a dada altura, se percebe que foi tudo um sonho ou tudo um grande "E se". E que o ponto de mudança tivesse sido aquele jantar, onde nós pudéssemos ter dito ou feito algo que te tivesse feito mudar de ideias. 

 

Foi há 1 ano que te vimos pela última vez, Manel, e as saudades só aumentam. 

 

Se pedir muito, muito, muito, podemos fazer disto um filme ou um sonho mau? 

 

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D