Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Opiniões e Postas de Pescada

Opiniões e Postas de Pescada

17
Ago20

Avante

Miúda Opinativa

Antes de mais, um disclaimer: sou aquilo a que se chama apartidária. Tenho algumas simpatias políticas mas, mais do que em partidos, voto em ideias e medidas sociais e económicas. Não gosto de extremismos e gosto de civismo. Ainda assim, talvez se possa considerar que os ideais sociais com os quais mais me identifico sejam socialistas. Economicamente falando... Bem, não me meto muito, porque não tenho conhecimentos suficientes para ter uma opinião realmente bem fundamentada. 

Tudo isto para dizer que a minha posta de pescada é isenta de tendências políticas. É, apenas, uma opinião de quem, em Março, teve que vir para casa e viu a irmã mais nova, que andava a planear a festa dos 25 anos desde o ano passado, ter que cancelar essa ideia. É apenas a opinião de quem iniciou um novo trabalho no dia 1 de Abril e, desde então, está em teletrabalho. É apenas a opinião de quem viu uma cirurgia adiada. É apenas a opinião de quem já tinha bilhetes para o Rock in Rio e para o Alive e... agora espera até para o ano. É apenas a opinião de quem deixou de ir ao ginásio em Março e agora, para ir, tem que ter uma série de cuidados - todos com sentido. É apenas a opinião de uma pessoa cujo pai é proprietário de um restaurante e que, para o reabrir, teve que o adaptar a uma série de cuidados - novamente, todos com sentido. 

É apenas uma opinião de alguém que considera que a realização da Festa do Avante não faz sentido. Mesmo sendo um encontro político. 

Toda eu sou pela democracia. Pelo-me quando oiço alguém a desvalorizar o 25 de Abril. Mas penso que a Democracia não é posta em causa pela não realização da Festa do Avante. Pelo contrário. Penso, também, que se fizessem MUITA questão de manter a componente política da Festa do Avante, seria possível fazê-lo - punham o Jerónimo no seu palanque a discursar, as pessoas ouviam, garantindo a distância de segurança, e estava feito. 

Mas a Festa do Avante, como o próprio nome indica, é MUITO mais do que um encontro político. É uma Festa que agora leva 33000 pessoas. É uma festa com campismo, com álcool, com concertos. E o mesmo país que continua a impedir pessoas de se despedirem de familiares e amigos em funerais, está a permtir que esta festa seja realizada - e, por enquanto, e de acordo com a reportagem que vi no Sábado, ainda sem plano de contingência. 

Acho, verdadeiramente, uma vergonha.  

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D