Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Opiniões e Postas de Pescada

Opiniões e Postas de Pescada

16
Fev17

Uma Posta de Pescada fofinha

Miúda Opinativa

Ontem à noite escrevi aquele que seria o texto de hoje. Mas ontem à noite, passado pouco tempo de ter clicado em "Rascunho" para guardar o texto, uma pequena Maria alterou os meus planos. Uma pequena Maria, que era suposto ter nascido no dia 1 de Março, nasceu esta noite e é linda. 

 

É engraçado. Não sou a pessoa mais fofinha e querida à face da Terra. Não gosto particularmente de abraços, nem de beijinhos, nem de coisas fofinhas. É raro chorar e nem os filmes mais lamechas ou mais emocionalmente intensos me deitam abaixo. Isto tem vantagens e desvantagens, como em tudo. 

 

Mas sempre que um "sobrinho" nasce (e a Maria já é a quarta), invade-me uma felicidade gigante. Porque é uma nova vida, que nasceu de pessoas de quem gosto muito (bem, isto não é totalmente verdade, porque há sempre uma amiga que escolhe um pai estúpido para o seu filho lindo). 

 

Não sou a pessoa mais fofinha, nem sequer sei se quero ter filhos, mas os meus sobrinhos são lindos. Não sou a pessoa mais querida, mas enterneço-me com o nascimento dos filhos dos meus amigos. Não sou a pessoa mais amorosa, mas acho que este é o amor que vale a pena, o amor simples, conjugado, de cumplicidade. 

 

O amor entre duas pessoas que leva ao nascimento de bebés. O amor de duas pessoas para com o seu filho que surge no momento em que sabem que vem aí um novo ser. O amor de amigos por estas novas famílias, que ficam genuinamente felizes por eles. Que vão dormir felizes e acordam mais bem dispostas, alegres, que espalham esta alegria por quem conhecem (e que nem conhecem a nova família).

 

É isto que os sábios nos dizem, não é? Que a felicidade é feita de coisas simples. Que se os nossos estiverem bem, nós também ficamos. Que podemos não ter tudo o que queremos, mas se aproveitarmos as pequenas coisas que a vida nos dá, ficamos muito mais felizes, não é? 

 

Maria, ainda não te conheci, mas já gosto muito de ti. Tens uns pais espectaculares, uns avós amorosos e tios, muitos tios, que querem o melhor do Mundo para ti. E agora, fica sabendo, contigo cá, o Mundo ficou melhor :) 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D