Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Sobre a vinda do Papa a Portugal

por Miúda Opinativa, em 28.04.17

Antes de mais, um disclaimer: metade dos meus amigos (bem, não metade, mas quase) são católicos praticantes. Muitos deles catequistas, participantes em muitas atividades relacionadas com a Igreja. Outro disclaimer: durante grande parte da minha vida, tive um contacto bastante próximo com a religião Católica.

 

No entanto, não acredito em nada. Sou um ser céptico, acredito na Ciência. Ainda assim, respeito profundamente quem acredita. Desde que me respeitem também. Custa-me a perceber como é que se acredita realmente nos Milagres de Fátima, mas respeito quem acredita neles. Pode parecer paradoxal, mas acreditem, é possível.

 

Contudo, e peço desculpa pelas susceptibilidades que posso eventualmente ferir, não percebo muito bem esta tolerância de ponto concedida aos trabalhadores da Função Pública.

 

Em primeiro lugar, faz-me sempre alguma confusão esta distinção entre trabalhadores do privado e do público. Existe esta distinção em vários aspectos, eu sei, mas faz-me confusão, pronto. Parece aquela "história" de George Orwell: "somos todos iguais, mas uns são mais iguais que outros".

Por outro lado, além de ser injusto para os trabalhadores do privado, parece-me que logisticamente também poderá ser originar problemas. Então se eu for trabalhadora do privado mas tiver os meus filhos na escola pública, o que é que eu lhes faço naquele dia? 

 

Em segundo lugar, faz-me uma certa confusão que um Estado que se diz Laico tome este tipo de medidas. Sim, eu sei, somos um Estado Laico mas celebramos uma série de feriados católicos (não tantos assim, mas pronto). No entanto, estes feriados são já culturais e, lá está, são para toda a gente que trabalha (tanto do Sector Privado como do Público). 

 

Ainda por cima, o Papa vai estar em Fátima no dia 13, que é um sábado. Qual o sentido de se dar a sexta? Se querem ter mais tempo, então tirem o dia de férias... É isso que os do privado terão que fazer se quiserem ter mais tempo. É isso que toda a gente faz quando precisa de dias para fazer o que quer que seja... Não?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:11


10 comentários

Imagem de perfil

De Chic'Ana a 28.04.2017 às 12:27

Se o dia 13 fosse a uma sexta-feira eu percebo, até porque o nosso país é maioritariamente católico, praticante ou não, isso já é outra discussão... Agora dia 12, para mim é apenas uma forma política de cativar mais votos...
Beijinhos
Imagem de perfil

De Miúda Opinativa a 28.04.2017 às 14:15

Exacto, é isso! *beijinho e bom fim-de-semana :)
Imagem de perfil

De Happy a 28.04.2017 às 18:50

E à conta disto, o país pára completamente. Milhares de cirurgias canceladas, escolas fechadas, enfim... Não se entende!
Imagem de perfil

De Miúda Opinativa a 28.04.2017 às 22:28

Exacto. Atenção: não tenho nada contra a vinda do Papa a Portugal. Mas acho que quem o quer ir ver e ter mais tempo para isso (até porque, lá está, dia 13 é um sábado), tira o dia!
Sem imagem de perfil

De Lápis Roído a 29.04.2017 às 23:11

Se há coisa que me faz confusão é este clima de histeria em torno do Papa. Mas isso devo ser eu, que sou agnóstico.
Já no que diz respeito à tolerância de ponto, aí a coisa ganha contornos de parvoíce pura. Parafraseando Bruno Nogueira, «este Estado é laico, mas vira beato quando vê um senhor de saias». =P
Imagem de perfil

De Miúda Opinativa a 30.04.2017 às 11:28

Eu consigo perceber o entusiasmo que existe com a vinda do Papa - o histerismo não, a mim o histerismo faz-me sempre alguma confusão, mas o entusiasmo sim. Se eu no ano passado, com o Alive, fiquei super entusiasmada com a vinda dos Radiohead, porque é que quem acredita não ficará super entusiasmado com a vinda do Papa? (E agora quem acredita vai lançar-me à fogueira por estar a comparar o Papa aos Radiohead XD).

Mas em relação à tolerância de ponto, sobretudo tendo em conta que dia 13 é no Sábado, concordo. Não faz sentido. Ponto. ;)
Sem imagem de perfil

De Lápis Roído a 30.04.2017 às 21:58

Realmente, comparar a vinda do Papa à vinda dos Radioheada é quase sacrilégio. Já comparar a vinda dos Arcade Fire com a vinda do Papa é de todo plausível e cheia de sentido! =P
Imagem de perfil

De Miúda Opinativa a 02.05.2017 às 10:29

Ah ah ah!

Gostos não se discutem ;)
Imagem de perfil

De O Triângulo Perfeito a 30.04.2017 às 20:52

Concordo contigo a 100 por cento. E sou funcionária pública.
Imagem de perfil

De Miúda Opinativa a 02.05.2017 às 10:31

Pois! Enfim...

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D