Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Perdoar e Esquecer

por Miúda Opinativa, em 16.06.17

Há uns dias, os Destaques do Sapo mostraram-me este post. Julgo que não conhecia o blog, mas o título chamou-me a atenção. Dizia a autora, como poderão ler, que não concorda com a ideia de que "perdoar é um acto de coração e esquecer um acto racional". E bem... Eu concordo com a Cristina. De tal modo que decidi escrever aqui sobre isso.

 

Eu tenho uma memória auto-biográfica extremamente apurada. A sério. Sou conhecida por isso. Lembro-me de coisas que acontecerm há anos, muitas delas sem qualquer relevância, e com um nível de pormenor que chega a ser ridículo. Às vezes lembro-me do que tinha vestido ou o que é que tinha comido ao almoço. E isto gera situações muito engraçadas (eu voltei ao contacto com o meu namorado precisamente por causa da minha memória), mas também leva a que eu simplesmente não consiga esquecer certas situações - algumas das quais eu gostaria muito de esquecer. Mas simplesmente... Não consigo. E quando me esqueço, não é por "conseguir" - ou seja, não é o tal acto racional. É porque, simplesmente, já não me lembro da situação.

 

Perdoar não. Perdoar exige uma reflexão da minha parte e uma decisão por se vale ou não a pena perdoar. Não se trata de esquecer; trata-se, pelo contrário, de apesar de me lembrar, decidir, racionalmente, que não quero que determinada situação estrague determinada relação. Mas para perdoar é preciso lembrar. Porque se não me lembrar... Estou a perdoar o quê?

 

Sim, perdoar também é um acto de coração. Mas é um acto racional.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:00


2 comentários

Imagem de perfil

De Chic'Ana a 16.06.2017 às 10:08

Estou de acordo... o perdão vem com o racional e não apenas com o coração... Até porque reações de coração são impulsivas, mais instintivas e rápidas, um perdão exige algo mais profundo..
Beijinhos
Imagem de perfil

De Miúda Opinativa a 16.06.2017 às 13:43

É mesmo isso! Perdoar às vezes é difícil, e só com essa racionalidade é que o conseguimos (ou não) fazer!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D