Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Opiniões e Postas de Pescada

Opiniões e Postas de Pescada

12
Mai17

Oslo #5: Dia 4

Miúda Opinativa

E chegámos ao quarto e último dia.

Tendo em consideração que tínhamos visitado grande parte dos pontos principais da cidade (bem, ficaram a faltar-nos alguns, é verdade), decidimos, para este último dia, fazermos a Free Walking Tour. Para quem não sabe, as Free Walking Tours são excursões organizadas, que existem em centenas e centenas de cidades pelo mundo fora, e que podem ser completamente gratuitas - embora, no final, o guia peça uma "contribuição". Normalmente, os guias são jovens locais que o fazem sobretudo para se divertirem (muito honestamente, ainda não consegui perceber se são pagos ou não).

 

Quando chegámos a Oslo, fomos ao site e vimos que não era necessário fazer qualquer reserva (à semelhança do que acontece noutras cidades) e confirmámos isso no posto do Visit Oslo que existia na Estação Central. Assim, bastar-nos-ia aparecer às 10h00 no ponto de encontro junto à Estação Central, e juntarmo-nos ao grupo. No entanto, infelizmente, ao chegarmos lá, a horas, não vimos ninguém. Foi uma pena, porque estávamos mesmo a contar com esta excursão para conhecermos um pouco mais a história da cidade. E foi muito estranho. Os noruegueses são conhecidos também pela sua organização e não por este tipo de comportamentos!


Mas ainda tínhamos algumas horas até termos que fazer o check-out da nossa casa e então decidimos aproveitar para voltarmos à Opera de Oslo, tirarmos novas fotos (ah ah) e irmos, de seguida, ao City Hall para, finalmente, entrarmos. E acreditem, compensou.

 

É muito giro porque no "hall" de entrada existe um espaço dedicado às crianças. É, sobretudo, para experimentarem coisas. Não consigo explicar muito bem (não sou criança nem levava nenhuma criança, por isso não entrámos, ah ah), mas do que conseguimos espreitar, parecia muito giro :)

 

De resto, as várias salas por que passámos são absolutamento fantásticas. Olhando por fora, não advinharíamos o que está lá dentro.

DSC_0013.JPG

DSC_0014.JPG

DSC_0015.JPG

DSC_0017.JPG

DSC_0019.JPG

Depois do City Hall, decidimos ir almoçar e fizemos a primeira e única refeição fora de casa (tão sovinas XD). E não, não fomos à comida típica norueguesa. Admito que não ficámos muito entusiasmados depois de termos perguntado ao nosso anfitreão onde se poderia comer boa comida norueguesa e ele nos ter dito que a comida norueguesa não era boa XD. Então acabámos por ir a uma hamburgueria com bom aspecto e aqui aconteceu um episódio inusitado. Quando estávamos ao balcão para fazermos o pedido, entraram dois homens, cada um com o seu carrinho de bebé, e ainda falámos com eles em Inglês. Primeiro para lhes dizermos para passarem à frente e depois, quando eles se iam sentar perto de nós, para desviarmos uma cadeira.

 

Às tantas, a bebé de um deles, tipicamente norueguesa (isto é, loirinha, branquinha e de olho azul) começa a meter-se comigo (ainda estou para perceber o porquê, mas os bebés adoram-me) e eu respondo-lhe. Às tantas o pai diz-lhe "Diz olá". Assim mesmo, em Português. Ficámos a olhar para eles e perguntamos se eram portugueses... Oh, claro que eram. E pronto, ficámos ali na conversa, para termos uma perspetiva sobre como é que é viver naquela cidade. Foi mesmo muito muito giro. E afinal, a bebé tipicamente norueguesa era portuguesa, filha de pai e mãe portugueses XD.

 

Da hamburgueria fomos para casa para arrumarmos as coisas, sairmos e ficarmos à espera do autocarro que nos levaria de volta ao aeroporto. No aeroporto, na fila para embarcarmos, conhecemos um casal de noruegueses reformados que vinham a Portugal passar férias e, pasme-se, "arranhavam" a nossa língua. Também foi muito giro. Quando for grande quero ser como eles :)

 

E assim terminou a nossa viagem a Oslo. A verdade é que foi uma visita curta mas serviu para visitarmos os pontos principais. Se voltava? Bom, tendo em conta a quantidade de países e cidades que há para visitar, se calhar não seria um destino de primeira escolha. Mas isso não invalida que não tenha gostado muito. Gostei bastante, na verdade. A cidade é muito bonita, muito organizada, muito calma. Estão a 4 horas de avião mas são, na verdade, uma cultura bastante diferente, uma forma de vida bastante diferente. 

 

Mas bem, essa minha opinião geral ficará para um próximo post ;)

 

 

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D