Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Opiniões e Postas de Pescada

Opiniões e Postas de Pescada

01
Mai16

A Sobrevivente

Miúda Opinativa

Depois da frustração que foram as "Raparigas Cintilantes", fui para "A Sobrevivente", de Lisa Gardner. Fui sem quaisquer expectativas - ok, a sinopse parecia interessante, mas a das "Raparigas Cintilantes" também parecia e foi o que foi. Não fui ao Goodreads, não pesquisei na internet, não nada. Tinha o livro cá em casa, pareceu-me uma boa opção e lá fui eu.

 

E aconteceu-me uma coisa que não acontecia há muito tempo. Li o livro no fim-de-semana passado, em 2 dias. Foram dois dias socialmente preguiçosos, em que nem o bom tempo não me fez sair de casa. Mas a verdade é que o livro me prendeu. Muito. A história segue rápida, as personagens são interessantes e vão sendo construídas e reveladas ao longo da narrativa. Admito que percebi (ou desconfiei) quem era o assassino talvez cedo de mais, o que poderia tirar algum interesse à escola. Mas, no meu caso, o facto de desconfiar faz-me ficar ainda mais interessada, para perceber se sou tãp inteligente quanto penso ser - muah, muah, muah!

 

Não é, claro, um livro muito profundo e que nos faz pensar no sentido da vida. Não é um livro com uma escrita complexa nem com uma narrativa desconstruída. Não; é um livro cuja leitura foi rápida e fácil. Mas prende. Descobri, mais tarde, que afinal este livro faz parte de uma série - Série Detective D. D. Warren -, e a verdade é que fiquei com alguma curiosidade de ler os outros.

 

24
Abr16

As Raparigas Cintilantes

Miúda Opinativa

Acabei de ler, há uns dias, o livro "As Raparigas Cintilantes", de Lauren Beukes. E estão a ver aquela situação em que têm óptimos ingredientes para fazer um prato espectacular mas, somehow, o cozinheiro acaba por estragar tudo? Foi mais ou menos isso que aconteceu.

 

Ingredientes:

Temos um serial killer viajante no tempo que tem uma lista de raparigas para matar. Temos uma sobrevivente desse serial killer, estudante de jornalismo, que resolve iniciar uma investigação para descobrir quem a tinha tentado matar e que vai contar com a ajuda do chefe dela, também jornalista e com um passado ligeiramente conturbado.

 

Tem bons ingredientes, certo?

 

Pois. Mas a Lauren Beukes não conseguiu concretizar. Engonhou, a investigação não seguiu uma linha tão interessante como poderia ter seguido, o chefe apaixonou-se pela sobrevivente e desenvolveram ali uma quase relação de romance de revista, o serial killer não tinha grande profundidade... Eu sei lá. Podia ter sido muito bom, mas foi só "ehhhhh".

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D